Historia da CEUPA Memorial

Um grupo da associação dos Ex-Alunos do Colégio Sinodal (AEACS), de São Leopoldo, resolveu, em 1950, alugar um prédio e fundar a “Casa do Ex-Aluno do Colégio Sinodal”, destinada a abrigar em Porto Alegre, os estudantes oriundos daquele estabelecimento de ensino. A princípio com apenas 20 vagas, em um prédio localizado na Rua General Vitorino, a “Casa”, como desde então e até hoje é chamada. Em 1954 dava-se o segundo grande passo para sua perpetuação. Após uma campanha de grande vulto onde foi rifado um automóvel “Plymouth”, foi adquirido o prédio de número 1053, na rua Sarmento Leite, onde atualmente é sua sede.

O tempo mostrou que 29 vagas eram insuficientes, então foi alugado desde julho de 1960, o prédio 631, também na Rua Sarmento Leite o que possibilitou a entrada de mais 21 estudantes.

Anos depois, para atender uma maior influência de estudantes, não somente do Colégio Sinodal, mas de outros estabelecimentos de ensino , a Casa dos ex-alunos, sofreu transformações passando a chamar-se CEERGS( Casa do Estudante Evangélico do RGS ). A amplitude da entidade já era maior – difundia-se em todos os estabelecimentos evangélicos do estado. Já se pensava, depois, em ampliar ainda mais a CEERGS num verdadeiro Centro Universitário. Em 1960 lançava-se a semente da nova idéia – a nova entidade levaria o nome de CEURGS, Centro Evangélico Universitário do Rio Grande do Sul.

Após marchas e contramarchas a situação se definia em fins de 67 e início de 68. Muitos fatos colaboraram para que tal acontecesse, dentre os quais a aquisição de duas casas. Havia sido movida uma ação de despejo contra os moradores da casa II, Sarmento Leite 631, e se necessitava uma residência para as moças da Casa. O dinheiro para tal se conseguira através do Sínodo. Assim, já em 1961 essas três casas abrigavam um total de 68 estudantes e continuavam sendo mantidas e dirigidas pelos próprios estudantes.

Em 16/06/1968 foi fundado o CEUPA, congregando os moradores das três casas de estudantes então existentes, ex-moradores, professores unversitários e profissionais liberais de nível universitário e evangélicos. A idéia de fundação do CEUPA era antiga, de quase dez anos, e com o recebimento de verba da “Brot fur die Welt”, mais do que nunca, abriam-se perspectivas quanto a sua realização.

O registro oficial do CEUPA como entidade civil de personalidade jurídica, levou quase um ano. Foi no dia dia 14/05/1969 que conseguimos o registro oficial. Este período também foi marcado por diversas lutas entre os estudantes e o regime militar. Sendo o CEUPA uma casa de estudantes onde desde o início os moradores tiveram o princípio de luta pelos seus ideais, e sendo aquele um momento tão difícil para a nação brasileira, os moradores do CEUPA não se omitiram, tornando-se na época um foco de resistência contra o regime autoritário que ia contra todos os princípios que serviram de alicerce para a fundação do CEUPA, os quais sempre foram baseados na democracia. Mas a verdade é que essas lutas nunca acabaram; anos 70, ditadura, anos 80, diretas já, anos 90, as caras pintadas e na entrada deste novo século lutamos todos os dias para que as casas não percam seus objetivos e mantenham seus ideais.

Se você faz parte dessa história e tem algo a acrescentar ou corrigir, entre em contato conosco.